Ervas aromáticas e produtos da terra são a base dos cocktails sustentáveis

  • 04/03/2020

A formação de bartenders continua com especial destaque para os produtos locais, que são matéria prima de qualidade e que farão a diferença na confecção dos melhores cocktails transmontanos.

Pelo menos foi essa a “matéria” transmitida no mais recente módulo de formação da Bragança Cocktail Week.

O formador e bartender Vitorino Rodrigues (Vitó), trouxe uma dezena de plantas, arbustos e frutos, que podem ser utilizados para fazer as mais diversas combinações na coquetelaria local. E que podem fazer a diferença entre um cocktail de Bragança e um Cocktail do Algarve, local de origem do formador.

E foi com alguma estupefacção que os formandos viram e puderam utilizar plantas, que fazem parte da flora do Parque Natural de Montesinho, como a esteva ou o rosmaninho, quer na decoração ou na defumação.

Os vinhos transmontanos, aguardentes e mel estiveram em destaque. Foram feitas várias receitas com as ideias dos formandos e testadas as receitas.

Muitas novidades para trabalhar processos criativos, que farão com que os bartenders fiquem mais criativos e originais.